1 hora e 30 minutos

Paranoiac

  Miki Takamura, uma jovem escritora sofrendo de depressão, se muda para a casa de sua falecida tia. A casa parece normal a princípio, apesar de todas as portas trancadas. Porém, em sua primeira noite na casa, sons estranhos começam a ecoar pela enorme casa e uma estranha criatura passa a perseguí-la. Sozinha e desamparada […]

  1 hora e 30 minutos

Exoptable Money

  Esse jogo é o prequel de Presentable Liberty. Porque quis falar de seu sucessor primeiro? Provavelmente porque Presentable Liberty tem uma densidade muito maior em material para reflexão do que Exoptable Money. Ou talvez porque Exoptable Money seja muito mais Cookie Clicker do que eu gostaria. (Não clique se quiser continuar vivendo uma vida […]

  1 hora e 30 minutos

Presentable Liberty

  Um sensação que muitos leitores ávidos conhecem é a angústia conformada que sofremos ao observar lentamente o nascimento, desenrolar, crise e decadências de personagens e suas relações. Tudo isso sabendo que não importa o quanto se deseje, não podemos mudar o que está escrito no papel. Seja uma separação entre dois personagens queridos, uma […]

  1 hora e 30 minutos

Momodora III

  Nessa breve aventura, o vilarejo de KoHo está sofrendo com estranhas aparições, e o povo do– ok, a história não importa. Dito isso, não há nenhum impedimento em jogar esse jogo antes dos outros 2 títulos da série. Visualmente Momodora lembra muito Cave Story. Talvez elevado à mais uma potência de fofura, aliás. Mas a […]

  1 hora e 30 minutos

ULTRAWORLD

  Ter um game taxado de “simulador de caminhada” pode não parecer algo bom, mas isso obviamente depende de que tipo de jornada que se é proposta. Ainda que não exista um público extremamente empolgado por esse gênero, ele sem dúvida está entre os tops. ULTRA é o personagem responsável por esse mundo colorido e […]

  1 hora e 30 minutos

Amphora

  Se eu tivesse de definir Amphora com uma palavra, seria algo como “Ownnnn”. Trata-se de um jogo focado em uma mistura de narrativa com puzzles baseados em física. Aqui, você controla uma Amphora que ajuda em vários e vários momentos da vida de uma mulher, indo da doce infância ao encontro do primeiro amor, até […]

  1 hora e 30 minutos

Ikachan

  Eu já recomendei aqui Abyss, que é um jogo onde se controla uma criatura com gingado de lula por fases subaquáticas em uma experiência relaxante e pouco ambiciosa. Se você gosta desse tipo de mecânica e quer dar o próximo passo, então experimente um dos primeiros projetos do criador de Cave Story (e que também […]

  1 hora e 30 minutos

Abyss

  Eu particularmente não consigo encontrar mais um jogo que sirva pra desligar o cérebro, relaxar e passar o tempo na mesma intensidade. Menos ainda um jogo que só quer ser um entretenimento direto ao ponto, e não uma busca pelo estado de arte. Abyss é um jogo originalmente lançado para DSi e que acabou […]

  1 hora e 30 minutos

Tengami

  O maior problema de Tengami é o que você espera dele quando vai jogar. A obra está muito mais para uma jornada calma e introspectiva do que de fato um jogo. Tengami tem alguns dos cenários mais bonitos que você já viu. Esse pequeno mundo feito de papel é desbravado pelo silencioso andarilho que […]

  1 hora e 30 minutos

Rebuild 2

  Um elemento que sinto falta em muitos jogos é alguma espécie de progressão, não do tipo níveis e relacionados ou história, mas sim algo visual, algo que você percebe que mudou devido ao seus esforços e Rebuild me conquistou por isso. Em Rebuild você controla o prefeito de um grupo de sobreviventes em meio […]

  1 hora e 30 minutos

Liberation Maiden

  Liberation Maiden é exatamente o que você espera de um jogo do Suda 51: ação frenética a todo momento e fan-service na medida do possível. Neste breve jogo conceito, o designer dá sua contribuição gênero de shooter ‘de navinha’ 3D, onde mirar e atirar em vários alvos ao mesmo tempo é o jeito certo […]

  1 hora e 30 minutos

140

  Antes de tudo, vamos reforçar aqui o fato de que 140 é um jogo abstrato. Não dá pra definir que mundo é esse que o jogador está, nem seu propósito, quem é o player e muito menos entender porque o jogo tem esse nome. Provavelmente pequenas heranças do modo de pensar que vieram na […]