Harvey Birdman: Attorney at Law

snap0068

É um jogo sobre um advogado e publicado pela Capcom, então sim, o jogo é mecanicamente um Ace Attorney, sem tirar nem por. Mas todo o roteiro é baseado na série de televisão homônima, no qual Homem-Pássaro tem de defender inúmeros personagens da Hanna-Barbera no tribunal. Esse cenário absurdo é o palco perfeito para enaltecer as qualidades do jogo em relação a série que ele inspira.

Há uma honesta surpresa quando temos de defender um Peter Potamus mal-encarado ou vermos Yakky Doodle falando palavrões. Mesmo assim, não se trata de baixaria. Há um algo muito honesto no roteiro e nas piadas. Esse humor permeia todas as fases do jogo: investigação, tribunal, interrogatório, etc.

O maior defeito da série Ace Attorney ao meu ver é o problema de ritmo: as vezes não sabemos qual a evidência certa para a situação certa, e as vezes buscar por pistas em uma cena de crime pode se transformar em uma busca por pixels. Harvey Birdman corrige esses fatores com algo muito simple: humor. Como a comédia está em todo santo canto, estamos constantemente buscando por interações com o jogo que gerem mais e mais piadas, e quando nos damos conta, já passamos da metade do jogo.

Ter achado Harvey Birdman: Attorney at Law veio da minha necessidade de encontrar um substituto da série Ace Attorney enquanto um novo episódio não vinha. No fim eu achei o jogo tão bom que agora eu procuro jogos para sanar minha necessidade de Harvey Birdman.

Disponível para: Wii, PSP, PS2
Desenvolvedora: High Voltage Software, Capcom
Tempo de jogo: 3 horas e meia
Pago

Vini Aleixo

About Vini Aleixo

Game Designer que crítica jogos como hobby e Relações Públicas Não Oficial, Não Autorizado e Não Remunerado da Nintendo.

Leave a Reply