Five Nights at Freddy’s

 

Five Nights at Freddy’s foi me introduzido pela primeira vez em letras capitulares: “JOGO MAIS ASSUSTADOR EM ANOS”. O jogo de fato é identificado como um survival horror e arrancou de muitos jogadores vários pulinhos acompanhados de gritinhos constrangedores, algumas vezes seguidos ou intercalados de palavras de baixo calão. Porém, em minha opinião, tratar esse jogo como um exemplar genial do gênero de terror é uma avaliação não tão correta e superficial da experiência de jogo.

O gameplay é relativamente simples e uma progressão de dificuldade que depende exclusivamente da agressividade dos personagens (e da sorte, por vezes), é de se esperar que em algum ponto os jumpscares, antes tão assustadores, acabem se tornando irritantes, e as tarefas a serem executadas se tornem um desafio que cada vez mais exige a completa atenção e dedicação do jogador, perdendo assim todos os seus elementos que constituem um jogo de terror.

Sendo assim, decidi apreciar esse jogo pelo aspecto que ele mais me inspira: a terrível necessidade de conseguir três estrelinhas no menu principal! Ah, a satisfação calorosa de receber meu salário ridículo no final da semana para logo depois ser demitida! Isso, meu amigos, é a sensação de realização que só um jogo masocore de raiz consegue criar.

 

Disponível para: PCiOS, Android e Windows Phone
Desenvolvedora: Scott Cawthon
Tempo de Jogo
: 2 horas
Pago

Patrícia Sato

About Patrícia Sato

Game Designer por formação, Artista por vocação, Cozinheira por diversão e Cat Lady por definição.

Leave a Reply